O biocombustível pode ser usado para abastecer aviões a jato?

Autor: 
Rebecca Fairley Raney

Não muito tempo atrás, a resposta para essa pergunta teria sido NÃO. Mas ainda no primeiro semestre de 2011, o conselho de normas internacionais deverá aprovar o uso de biocombustível para motores a jato.

O maior obstáculo, neste momento, não é a segurança do combustível, mas se é possível ter terras suficientes para cultivar as plantas necessárias para tamanha demanda.

Avião sendo abastecido
© iStockphoto.com /Mikeuk
Avião sendo abastecido

Nos últimos anos, governos e empresas gastaram dinheiro fazendo pesquisas e até mesmo realizando voos experimentais com misturas de biocombustíveis. O problema da segurança relacionada ao uso de biocombustível em aviões está ligado ao congelamento. Se o combustível congelar em altas altitudes, não dará certo. E é esse o motivo pelo qual os aviões costumam usar querosene.

O problema com alguns biocombustíveis, como o biodiesel, é que eles tendem a congelar em baixas temperaturas. Para resolver este problema, é possível desenvolver aquecedores de combustível dentro do avião ou simplesmente não voar em altas altitudes. Mas você também pode usar um processo de refino mais complicado.