O que é bolha econômica

bolha econômica
© istockphoto.com /Anterovium

Bolha econômica é um processo de variada duração (pode durar alguns meses ou vários anos) em que um determinado ativo torna-se extremamente sobrevalorizado, por conta principalmente de comportamentos irracionais do mercado em circunstâncias momentâneas. Numa situação normal de mercado, o preço de um determinado ativo corresponde ao seu "valor fundamental", isto é, ao dinheiro que se espera obter com ele, incluindo seus dividendos. Mas, quando um determinado ativo passa a ser vendido acima desse valor fundamental e esse processo persiste (sem a correção que normalmente ocorre nesses casos), em função de uma atitude irracional dos investidores em obter lucros cada vez maiores, baseada em expectativas no mercado futuro e em especulação financeira, forma-se uma "bolha". Ao longo da história econômica surgiram várias bolhas. Uma das primeira foi com o mercado de tulipas na Holanda no século 17. As mais recentes envolveram o mercado imobiliário no Japão, no começo dos anos 1990, quando o valor dos imóveis no país "valia" quatro vezes o valor de todo o mercado imobiliário norte-americano, a bolha da Internet que estourou no começo deste século e a do mercado de imóveis nos Estados Unidos que levou à recessão mundial iniciada em 2008. Alguns estudiosos acreditam que os processos que inflam e estouram bolhas econômicas também têm um lado positivo, principalmente quando deixam como legado uma nova infraestrutura ampliada. Segundo eles, isso aconteceu com as "bolhas" do telégrafo e das ferrovias no século 19 e com a da internet no fim do século 20.

Assuntos relacionados