Abrindo e usando contas bancárias na Suíça

Autor: 
Lee Ann Obringer

De acordo com a lei suíça, as pessoas que não residem no país e que gostariam de abrir uma conta na Suíça devem ter pelo menos 18 anos. Fora isso, não há muitas restrições. Sua conta pode ser gerenciada em praticamente qualquer moeda, embora a maioria opte pelo franco suíço, dólar norte-americano, euro ou libras esterlinas, e geralmente não há um depósito mínimo para abrir uma conta. Entretanto, ao começar a fazer os depósitos, há um valor mínimo que deverá ser mantido, variando de banco para banco e de acordo com o tipo de conta.

Por que pode ser que você não seja aceito?

Embora a maioria dos pedidos de abertura de contas bancárias na Suíça sejam aceitos, alguns não são. Normalmente, os pedidos são rejeitados porque a origem do dinheiro é questionável ou obscura, ou porque sua proveniência não está de acordo com as regulamentações suíças. As leis de coibição contra a lavagem de dinheiro fizeram do exame minucioso das origens do dinheiro e dos depósitos subseqüentes uma prioridade essencial.

Escolhendo um banco e uma conta

O banco suíço que você escolher para trabalhar irá depender de que tipos de investimentos desejará fazer e do tipo de conta que irá querer. Algo a ser lembrado é, a menos que não se importe com o aspecto da privacidade de uma conta bancária na Suíça, você não deverá optar por um banco que tenha uma filial em seu país. As filiais dos bancos devem seguir as leis dos países nos quais eles estão localizados e não onde o escritório bancário corporativo se encontra. Por exemplo, uma filial de um banco suíço nos Estados Unidos não dispõe de mais recursos de privacidade do que um banco americano comum.

O tipo de conta a ser aberta irá depender do número de investimentos aos quais desejará ter acesso e da quantidade de dinheiro que queira manter na conta. Quanto mais abrangentes forem os serviços e as opções de investimento, maior será o saldo exigido para ser mantido na conta. Você também poderá ter acesso a uma caixa de depósito em um banco suíço.

Obtendo participação

Se você mantiver sua conta em francos suíços, obterá uma pequena quantia de participação, mas terá de pagar o imposto de retenção suíço. Por esse motivo, a maioria dos titulares de conta que não moram na Suíça mantém sua conta bancária em outra moeda, como o dólar norte-americano, libra inglesa ou euro. Ao fazer isso, seu dinheiro poderá ser transferido para um fundo de mercado monetário e passará a obter uma participação.

Abrindo uma conta

Embora seja melhor abrir sua conta pessoalmente, há muitos bancos suíços que irão permitir a abertura por correspondência ou fax. Também há muitas empresas que ajudam as pessoas a providenciar contas no exterior.

passaporte
Cedida pelo Governo Federal dos Estados Unidos/>
/>É necessário um passaporte para abrir uma conta,
a carteira de motorista não será aceita

Como a lei anti-lavagem de dinheiro suíça exige que você comprove a origem do seu dinheiro, muitos documentos certificados são solicitados para abrir uma conta. Eles incluem cópias autenticadas do seu passaporte, documentos que explicam o tipo de função que você exerce, como restituições de impostos, documentos da empresa, licenças profissionais, etc; prova da origem do dinheiro que está depositando, como um contrato da venda de uma empresa ou casa; e todas as informações pessoais típicas sobre si mesmo, como data de nascimento, uma conta de consumo para comprovar sua residência, todas as informações de contato e, claro, seu nome. Eles também querem saber o que você desejará fazer com o dinheiro após abrir a conta.

Caso você esteja abrindo sua conta por correspondência, precisará receber as fichas de abertura para serem preenchidas e assinadas, além do restante dos documentos mencionados acima.

Uma diferença entre abrir a conta pessoalmente e fazê-lo por correspondência é a solicitação de uma apostila sobre a cópia autenticada do seu passaporte e a carteira de motorista não será aceita como prova da sua identidade .

Uma apostila é um selo usado para certificar de que um documento oficial é uma cópia autenticada. Na maioria dos países, você poderá obtê-la junto a um notário público, mas às vezes os notários não estão familiarizados com a apostila. Caso isso ocorra, você deverá encontrar outro notário que tenha ciência do assunto ou descobrir qual outra autoridade, em seu país, pode emitir apostilas. Todo país que participou da Convenção Hague designa uma autoridade que possa emitir apostilas. Por exemplo, nos Estados Unidos, o escritório da secretaria dos estados está autorizado a fazê-lo. O mais importante é sempre se certificar de que o selo mencione APOSTILAS.

Abrindo uma conta numerada

Normalmente, as contas numeradas não são tão fáceis de serem abertas. Em geral, elas exigem que você compareça pessoalmente ao banco na Suíça. Além disso, elas requerem um depósito inicial de pelo menos US$ 100 mil e o custo de manutenção de cerca de US$ 300 ou mais por ano. E lembre-se: elas não são anônimas, já que, em algum nível, deve haver uma ligação entre quem você realmente é e sua conta.

Depósitos/saldos mínimos e taxas

Os saldos mínimos variam bastante de acordo com o tipo da conta, ou seja, de alguns milhares de dólares a um milhão de dólares ou mais. Os bancos cobram taxas diferentes com base nos tipos de transações e no tipo da conta que você tiver. Por exemplo, em uma conta básica, as transferências bancárias internacionais (saída) podem custar US$ 3 ou US$ 4 cada. Também podem ser cobrados de US$ 5 a US$ 10 quando você deposita cheques internacionais na sua conta. Os custos anuais de manutenção da conta são cobrados com base no número de entradas na declaração da sua conta e, às vezes, giram em torno de 0,5 francos suíços, ou seja, US$ 0,41 por entrada.

Acessando seu dinheiro

  • Cartão de crédito: a maioria dos bancos na Suíça irá emitir um cartão de crédito junto com a sua conta e você poderá usá-lo para fazer compras, assim como saques em caixas eletrônicos no mundo todo. Entretanto, será cobrada uma taxa de, geralmente, 2,5% para os adiantamentos de dinheiro. O uso de um cartão de crédito também pode ser vinculado ao seu banco suíço, revelando que você possui a conta. Contudo, esses cartões de crédito são emitidos de forma diferente dos cartões de crédito típicos. Em vez de extrair um relatório de crédito e emitir um crédito real, os bancos suíços exigem a realização de um depósito de segurança que seja uma ou duas vezes seu limite de crédito mensal, dependendo do tipo de conta que você tiver. O próprio depósito de segurança é mantido em uma conta separada e é investido.
  • Saques em dinheiro: se estiver na Suíça, você poderá ir ao banco e fazer um saque em dinheiro, não deixando nenhum registro de acesso.
  • Cheques de viagem: comprar cheques de viagem é uma maneira de usar o dinheiro da sua conta na Suíça e manter sigilo. Eles são fáceis de usar e aceitos em muitos lugares, mas você terá de pagar uma comissão de 1% sobre o valor do cheque.

cheque
Cedida por Valentin Wittich
GNU Free Documentation License (Licença GNU de Documentação Livre)/>

Cheques de viagem da American Express
  • Transferências bancárias: uma forma simples de usar o dinheiro da sua conta na Suíça é por meio da solicitação de uma transferência bancária. Mas, novamente, você irá revelar a existência da sua conta, assim como o número dela. Para evitar a divulgação do número da sua conta e do seu nome, a maioria dos bancos suíços irá enviar o dinheiro da sua conta em nome dos bancos, sem revelar sua identidade. Entretanto, às vezes, esses tipos de transferências não são aceitos fora da Suíça.
  • Cheques: as contas bancárias na Suíça oferecem a emissão de cheques, com exceção das contas numeradas. Porém, caso esteja buscando privacidade, irá deixar um rastro que o levará diretamente a você. Você perde a confidencialidade que a maioria das pessoas deseja em uma conta suíça e, portanto, os cheques raramente são usados nessas contas.

Fechando sua conta

Você pode fechar sua conta bancária suíça a qualquer momento, sem nenhuma restrição ou custo. É possível resgatar o dinheiro imediatamente e o que estiver investido, assim que ele for liquidado.