De onde surgiu a idéia?

Autor: 
Lee Obringer

A primeira semente foi plantada em 1946, quando Winston Churchill sugeriu a criação dos "Estados Unidos da Europa". Suas metas eram primariamente políticas e com isso ele esperava que um governo unificado pudesse trazer paz para um continente que havia sido dilacerado por duas guerras mundiais.

Então, em 1952, seis países da Europa Ocidental aceitaram a sugestão de Churchill e criaram a Comunidade Européia do Carvão e do Aço (Ceca). Estes recursos eram bastante estratégicos para o poder de cada país, por isso o requerimento da Ceca foi de que todos os países permitissem que seus recursos fossem controlados por uma autoridade independente. Seu objetivo principal, exatamente como Churchill pretendia, era o de prevenir conflitos militares entre a França e a Alemanha.

Em 1957, o Tratado de Roma foi assinado, declarando o propósito de criar um mercado comum europeu. Foi assinado por França, Alemanha, Itália, Bélgica, Holanda e Luxemburgo.

Após várias tentativas infrutíferas, o processo de criação do euro teve seu verdadeiro início em 1989, quando o Relatório Delors foi publicado por Jacques Delors, presidente da Comissão Européia. Este importante relatório delineou três etapas para a transição que criaria a unidade monetária européia única. Na próxima seção, estudaremos estas etapas.