Modelo de declaração: simplificado ou completo

Autor: 
Celso Monteiro

Se você se enquadra em uma das situações citadas na página anterior e, portanto, tem de fazer a declaração de imposto de renda, resta agora escolher qual será a modalidade de declaração de IR: simplificada ou completa.

Modelo simplificado
A declaração simplificada é indicada sobretudo para quem não possui muitas deduções. Isto porque elas são substituídas por uma redução fixa de 20% sobre os rendimentos tributáveis, no limite de R$ 11.669, 72 (para declarações de 2008 referentes ao ano de 2007).

Modelo completo
A declaração completa é indicada para quem possui um valor expressivo de deduções - e que excedam R$ 11.669,72. Neste formulário, é necessário informar em detalhes todos os rendimentos e gastos realizados durante o período a ser tributado.


©2007 HowStuffWorks - retirdo do site da Receita Federal

Mas não é tudo, antes de você escolher o modelo de declaração mais vantajoso, é necessário compreender o que é dedutível e o que não é. Ainda não decorou? HowStuffWorks te dá uma mãozinha. Confirma abaixo:

O que você pode deduzir

Limite da dedução

Contribuição com a previdência social

Dedução ilimitada

Remuneração de terceiros com vínculo empregatício (encargos trabalhistas e previdenciários)

Dedução ilimitada

Pensão alimentícia

Dedução ilimitada

Despesas médicas próprios e com dependentes (gastos com remédios e/ou enfermaria não entram)

Dedução ilimitada

Despesas com dependentes

R$ 1.584,60/ano por dependente

Despesas com educação (uniformes, material, transporte, idiomas e informática não entram)

R$ 2.480,66/ano por indivíduo

Contribuição à previdência privada (PGBL e FAPI)

Limite de 12% da
renda tributável

Doações para fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente, incentivo a cultura e a atividade audiovisual.

Limite de 6% do imposto apurado

Aposentadorias e pensões de maiores de 65 anos

Limite de R$ 15.764,28/ano

Contribuição à Previdência Social do Empregado Doméstico

Limite de R$ 593,60/ano

Lembre-se de que para fazer a declaração, você deve ter em mãos os seguintes documentos:

- Informativo de rendimentos da empresa onde você trabalha;

- Informativo de aplicações financeiras dos bancos onde você é correntista;

- Recibos de despesas dedutíveis (estes só para quem optar pelo modelo de declaração completo).